André Ventura, Cheganos Oficiais, Nuno Afonso

Nuno Afonso desafia o líder do Chega para um debate: “Não sejas covarde, aceita o desafio! Vão gostar de perceber quem é o verdadeiro André Ventura”

Nuno Afonso, um dos principais rostos da oposição interna do Chega, respondeu em 3 vídeos ao ataque de que foi alvo por parte de André Ventura e de vários deputados do partido de extrema-direita no último fim-de-semana.
O vogal da Direção Nacional diz que o 11º Conselho Nacional “não foi um evento político, foi uma coisa pessoal”, pois “André Ventura não admite que não concordem com ele. Exemplo de covardia e falta de sentido democrático”.
O fundador do Chega comentou as novas regras que André Ventura implementou e diz que não marcou presença porque no conselho nacional anterior foi-lhe negada a possibilidade de responder a André Ventura e sabia que iria acontecer o mesmo agora: “pois não há democracia neste partido. Para André Ventura estas coisas como liberdades e democracias são patétices.
O vereador em Sintra, que na Batalha foi chamado de covarde por vários dirigentes, defendeu-se desses ataques e diz que há duas semanas foi a uma reunião de direção sozinho e onde deu a sua opinião sobre o “show off” que o líder do Chega faz, mas os restantes “valentes” membros da direção não lhe disseram nada à sua frente: “A maior cobardia é André Ventura não saber lidar com as criticas sozinho e precisar chamar reforços e amiguinhos”.
Nuno Afonso dá uma oportunidade a André Ventura “de mostrar que é mesmo um valente quando não tem os seguranças atrás, ou quando não tem os amigos a dizer amém, é aceitar fazer um debate comigo, só nós os dois cara a cara, e assim todos poderão ver o valentão que o André Ventura é.”.
O ex-vice-presidente do Chega diz “é mais uma hipótese que eu dou a André Ventura de ele arrasar alguém, como faz sempre, André não sejas covarde, aceita o desafio, vai ser divertido… e vão gostar de perceber quem é o verdadeiro André Ventura”. Nuno Afonso terminou com uma garantia: “Eu não vou permitir que se adormeça em democracia e se acorde em ventura”.

Batalha parte 1 – Exercer a actividade política de forma séria, isto sim é importante.
Podem inventar plenários, concursos, concertos, o que quiserem, para me atacar, nunca precisei de mais nada que não a minha capacidade de trabalho para me sustentar ou à minha filha. O resto é só o resto.
Viva Portugal e viva a democracia…
#nunoafonso #portugal #sintra #DemocraciaSempre #liberdade

Batalha parte 2 – vamos imaginar alguém que não aceita ser contrariado, que expulsa, afasta e maltrata quem com ele não concorda, que incentiva os que de si dependem a fazer o mesmo, alguém que escolhe as pessoas para todos os cargos existentes. Vamos imaginar um país a ser governado assim?
Viva Portugal e viva a democracia…
#nunoafonso #portugal #sintra #DemocraciaSempre #liberdade

Batalha parte 3 – eu quando junto um grupo de amigos é para jantares ou festas, para dizer algo a alguém não preciso de juntar ninguém, faço-o na cara, num debate por exemplo.
É a vantagem de ter independência, sobretudo intelectual.
Continuem a criticar, a ofender, ameaçar eu respondo com respeito e trabalho. Um bom dia a todos.
Viva Portugal e viva a democracia…
#nunoafonso #portugal #sintra #DemocraciaSempre #liberdade

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Nuno Afonso conseguiu melhor resultado que André Ventura em moção de confiança à sua liderança (vídeo)

Oposição interna atacada no Congresso do Chega: “Castelhanos, Cobardes, Ressabiados, Arruaceiros”

Nuno Afonso critica a Rentrée do Chega e diz que André Ventura tem demonstrado desprezo pelos valores, princípios e pelos militantes de base

Partilhe

Leave a Reply