André Ventura, Cheganos Oficiais, Nuno Afonso

Nuno Afonso afirma que a sua despromoção no Chega foi um punhalada igual à que teve no PSD

Nuno Afonso, arquiteto, 45 anos, foi um dos 3 despromovidos da Direção Nacional do Chega, durante o 3º Congressso do partido de extrema-direita em Coimbra! O ex-PSD confessa que também saiu do Partido Social Democrata por causa de uma punhalada do mesmo género: “Às vezes, custa darmos tanto de nós e trabalharmos tanto e depois vermos outros a ficarem com os louros. Foi isso que me aconteceu no PSD. Há demasiados jogos de interesse, há demasiadas pessoas que precisam do dinheiro porque não sabem fazer mais nada. É um dos problemas da política portuguesa.”
O candidato do Chega à Câmara Municipal de Sintra, que esteve com André Ventura na fundação do partido, acha que se calhar o Chega começa a ser dominado também por essa franja da sociedade: “Há pessoas que se aproximam da política e vêm por bem e não precisam da política. E há aquelas que precisam da política porque não sabem fazer mais nada. Cabe a quem está a liderar o partido saber fazer a triagem de quem quer ao seu lado e nos cargos de relevo.”
O atual coordenador autárquico do partido Chega, em entrevista ao Expresso, disse no entanto que não foi traído, mas sente-se magoado: “Já o assumi perante o André. Sinto que fui injustiçado, que é injusto eu ser despromovido, por assim dizer”.

Partilhe

Leave a Reply