Cheganos Oficiais, Luís Miguel Godinho

Militante do Chega eleito ontem Conselheiro Nacional era também Mandatário e cabeça de lista do Partido RIR por Beja

Luís Miguel Serra Godinho, militante n.º 5595 do Chega, que foi um 17 eleitos pela lista da Oposição para Conselheiros Nacionais do partido de André Ventura, era até ontem também Mandatário do partido Reagir Incluir Reciclar (RIR) no círculo eleitoral de Beja.
O partido liderado por Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans, enviou hoje um comunicado à agência Lusa, onde retirou todos os poderes atribuídos a Luís Godinho e expressou “muita surpresa” pela situação.
O novo Conselheiro Nacional do partido de André Ventura, que nas últimas eleições autárquicas integrou um lista concorrente ao Chega, lista independente do NEPE – Nova Esperança Para Estremoz (Lista apoiada pelos partidos MPT/Partido Aliança/RIR), tinha sido “nomeado mandatário” do RIR, no passado dia 23 deste mês, “para a elaboração da lista pelo círculo eleitoral de Beja às próximas eleições legislativas, sendo ele próprio o cabeça de lista”.
Na mesma nota à imprensa, assinada pela vice-presidente do RIR, Márcia Henriques, o partido revelou que “foram imediatamente retirados todos os poderes confiados neste senhor e a situação comunicada ao partido Chega”.
Luís Godinho tinha recentemente liderado a lista da oposição a Delegados ao IV Congresso Nacional por Beja, composta por 12 efetivos e 1 suplente, onde conseguiu apenas 6 votos (menos de metade dos candidatos), contra 79 votos da Lista da Direção, não conseguindo eleger nenhum delegado ao Congresso do Chega.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Lista B a Delegados do Chega por Évora teve metade dos votos (6) do que candidatos apresentados (12)

Lista da Oposição conseguiu 22% e elegeu 17 Conselheiros Nacionais mas a líder recebeu apupos e assobios

Florista de Beja revela porque deixou o Chega “Está longe de ser aquilo que grita na Assembleia da Republica” (vídeo)

Partilhe

Leave a Reply