Cheganos Oficiais, Mamadou Ba, Marcus Santos

Dirigente do Chega Imigrante brasileiro Marcus Santos defende que a Europa é dos Europeus

Marcus Santos, nascido no Brasil, emigrou para os EUA aos 18 anos, é Vice-Presidente de concelhia da Maia pelo Partido Chega, mas não seguiu o conselho do seu ex-colega de partido, José Lourenço, e não abandonou o Chega depois das declarações de André Ventura, que em Bruxelas disse “Por uma Europa para os Europeus”. Antes pelo contrário, afirmou ele também que a “A Europa é dos europeus, como África é dos Africanos”, e só lhe faltou dizer que a América é dos americanos.
O luso-Brasileiro, ex-campeão de Artes Marciais, que chegou a contar com a esposa e alunos seus nas listas à Câmara Municipal da Maia, partilhou o Tweet de Mamadou Ba, que comentou a mensagem de André Ventura e escreveu:

Toma vergonha na cara negão!
A única coisa que esta praga vê é a cor das pessoas e o quanto isso pode lhe beneficiar €…
A Europa é dos europeus sim, como a África é dos Africanos, e quem chega nestes continentes e nos seus países, deve respeitar a cultura, as leis e se lhe foi dada a oportunidade de viver nestes países, seja grato ou volte para o seu.
No que depender de mim estarei sempre na linha da frente para travar estes movimentos racistas e os seus mentores.
CHEGA 🇵🇹

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Ex-líder do Chega Porto critica André Ventura “Em Bruxelas é xenófobo! Se tivessem vergonha, os não europeus, sairiam hoje mesmo do partido”

Vice-Presidente do Chega na Maia ataca a Igreja “não abre mão das riquezas acumuladas na terra para ajudar os necessitados”

Candidato do Chega à Maia é contra os amiguismos e tachos? A sua lista é composta por família, amigos e funcionários

Partilhe

Leave a Reply