André Ventura, Anti Cheganos, João Oliveira

Deputado do PCP “esmaga” André Ventura por causa do discurso de ódio que o Chega incentiva

Deputado do PCP, o alentejano João Oliveira, não poupou André Ventura na Reunião Plenária de ontem, no debate dos Projetos de resolução, apresentado pelo CDS-PP e Chega, sobre a comemoração do 25 de novembro.

Todo o branqueamento do Regime Fascista, absolutamente corrupto, essa tentativa de branqueamento da ditadura, a violência, tem que ser assumida por quem faz esse discurso, e se o senhor deputado André Ventura se sentiu de alguma forma atingido, por eu ter dito que o Chega é um partido herdeiro daqueles que foram derrotados pelas forças do 25 de abril, é porque o senhor deputado lá encontrou algum elemento que o identificava com eles.

A respeito do que se passou em Moura, o advogado comunista “esmagou” André Ventura no parlamento, ao garantir combater o discurso de ódio e de conflito que o Chega procura incentivar:

O senhor deputado André Ventura, tem que passar no teste da prática, … a propósito de Moura, … como democrata devia estar a combater o ódio, mas na verdade, cada vez mais cria condições, para que o ódio entre pessoas, seja por motivo racial, seja porque for, … Pode contar com o contributo deste partido, tal como aconteceu antes do 25 de abril, para darmos combate com todas as nossas forças a esse discurso de ódio, de fratura, e de conflito entre portugueses, que os senhores procuram incentivar.


Pode ver aqui o debate

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Finalmente! 47 Anos depois! Comunas “destruídos” com melhor argumento de sempre “Viagem para Cuba é às 18h?” Mas Espanha é de hora a hora!

Eleito do Chega na Póvoa de S.Miguel suspeito de tentativa de homicídio de família renunciou ao seu mandato

Secretário pessoal de André Ventura continua a usar as suas páginas para comentários de ódio, desta vez contra Carolina Deslandes

Partilhe

Leave a Reply