Ana Dias Pinto, Ana Motta Veiga, Cheganos Oficiais, José Dias, Lucinda Ribeiro, Marta Trindade, Patrícia Carvalho, Pedro Frazão, Rodrigo Alves Taxa

As entradas e saídas da Direção Nacional, da Mesa e do Conselho do Chega

O 3º Congresso do Chega realizou-se este fim-de-semana em Coimbra e foram as várias subidas e descidas nos Órgão Nacionais do partido de extrema-direita portuguesa.

Mudanças no 3º Congresso – 31 de maio de 2021:

  • Marta Trindade: nova vice-presidente, arquiteta
  • Ana Motta Veiga: nova vice-presidente, arquiteta
  • Pedro Santos Frazão: subiu de vogal a vice-presidente, veterinário
  • Patrícia Martins Carvalho: subiu de assessora de comunicação a nova vogal, jornalista
  • Diogo Pacheco Amorim: despromovido de 2º Vice a vogal
  • Nuno Afonso – despromovido de 3º Vice a vogal, arquiteto
  • José Dias – despromovido de Vice, ficou sem cargo na Direção, sindicalista
  • Lucinda Meireles – saiu de vogal e ficou sem cargo na Direção
  • Rodrigo Alves Taxa passou de 3º vogal do Conselho de Jurisdição a Presidente
  • Ana Dias Pinto (mãe do vogal Ricardo Regalla Dias) entrou no Conselho de Jurisdição

A Lista única de André Ventura para Direção Nacional do Chega foi aprovada com 79% dos votos.
A votação para a Mesa do Congresso Nacional do partido registou na primeira votação um empate a 180 votos entre a lista A, liderada por Luís Graça, e a lista B, liderada por Manuel Matias. Depois a nova votação deu como vencedora a lista A (162 votos), em oposição à lista B (150 votos).
Para o Conselho Nacional, a lista única liderada por João Tilly conseguiu 311 votos em 364 votantes, conseguindo 83%.
Na votação para o Conselho de Jurisdição concorriam três listas diferentes, os delegados decidiram dar a vitória à lista B, liderada por Rodrigo Taxa, com 201 votos (54% da votação), ficando à frente da lista C, de José Dias, com 94 votos, e da lista A, de Carlos Monteiro, com 64 votos.

Artigo Relacionado

Quem é Quem na Direção Nacional dos Cheganos

Partilhe

Leave a Reply