André Ventura, Cheganos Oficiais

André Ventura sugere a brincar em atirar António Costa do alto do parlamento mas enganou-se na História por 2 Séculos

No passado domingo, no encerramento da Academia de Verão da Juventude do Chega, André Ventura comparou a vinda de imigrantes para Portugal, e os respetivos apoios atribuídos pelo Governo, com a invasão espanhola de 1580, e sugeriu a brincar que se fizesse o mesmo a António Costa, o que se fez ao Bispo de Zamora, mas como bom nacionalista que é, deve ter faltado às aulas de história, pois enganou-se nas datas, um engano de quase dois Séculos. O “Bispo de Zamora” que foi atirado de uma torre, afinal era Bispo de Lisboa, chamava-se Martinho de Zamora, e o trágico acontecimento ocorreu em 6 de dezembro de 1383 como um castigo popular, muito antes do domínio espanhol que ocorreu entre 1580 e 1640, e de “Os Lusíadas” ter sido publicado em 1572, conforme fact-checking do Polígrafo da SIC.
Discurso de André Ventura no dia 28 de agosto:

Até quando fomos invadidos, até quando os espanhóis nos dominaram e escrevemos ‘Os Lusíadas’, até nesse momento tivemos coragem de pegar no bispo de Zamora, que estava na cidade de Lisboa, e atirá-lo lá de cima da torre. Não digo que façamos isto a António Costa… Mas já me pass… É que o nosso Parlamento é alto! Lá de cima, também… Mas reparem como tivemos essa força. É verdade, foi atirado da torre e depois foi dado de comer aos cães. Não é para terem ideias, mas nós estamos noutro momento de risco da pátria.

Tweets a reagirem à sugestão a brincar em atirar António Costa do alto do parlamento, e às falhas das datas:

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura confessa que já teve vontade de dar uma estalada no Presidente da Assembleia da República mas apagou o Tweet minutos depois

O nacionalista André Ventura é o único líder político que vai passar férias no estrangeiro

Diretora da Obra Católica Portuguesa de Migrações associa o aumento do discurso xenófobo na política ao crescimento do Chega

Partilhe

Leave a Reply