André Ventura, Cheganos Oficiais, Suzana Garcia

Suzana Garcia diz que o “semiplágio” do Chega à sua campanha é “oportunista” e “parasita”

O Outdoor da campanha do Chega às Eleições Legislativas de 2022 com mensagem “igual” à da campanha da candidata da Coligação liderada pelo PSD à Amadora nas Eleições Autárquicas de 2021, surpreendeu Suzana Garcia, que considerou a escolha do Chega “oportunista”” e “parasita”.
A vereadora municipal do PSD da Amadora disse à revista Visão:

Este semiplágio, se é que posso chamá-lo assim, revela, sobretudo, uma certa tacanhez e mediocridade intelectual. Ao fazer-se uma cópia destas, prova-se, por um lado, que o original é sempre melhor e, por outro, que alguns partidos e algumas pessoas não sabem estar na vida política de maneira correta. É, acima de tudo, uma grande desonestidade.
O Chega nunca será capaz de se apropriar das minhas ideias, pois não partilho os valores ideológicos e humanistas desse partido.

Suzana Garcia acha que o motivo desta colagem está relacionada com as negas dadas aos convites de André Ventura, ex-militante do PSD e atual líder do partido de extrema-direita:

Só consigo explicar isto com o despeito que os dirigentes do Chega ainda sentem por não ter aceitado os muitos convites para integrar as fileiras do partido que me fizeram. Acho que ainda não conseguiram digerir estas minhas opções. E esta reação apenas vem confirmar uma certa visão misógina e patriarcal com que se encararam as minhas decisões no interior daquele partido.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Chega com campanha “igual” à do PSD na Câmara da Amadora! Só querem fazer Tremer o Sistema!

Dirigentes da Direção do Chega assumem que são populistas e que não tremem com Suzana Garcia

Manuel Luís Goucha promoveu na TVI a candidatura de Suzana Garcia e agora vai ser o Presidente da Comissão de Honra

Partilhe

Leave a Reply