André Ventura, Carlos Furtado, Cheganos Oficiais, Contradições do Chega

Mais uma contradição de André Ventura ou tudo uma questão de mediatismo do Sr. Bluff

Alexandre R. Malhado no seu artigo de opinião publicado ontem na revista Sábado já avançava que o episódio do Chega de retirar o apoio ao Governo Regional dos Açores era mais um episódio teatral de André Ventura, pois o governo de direita açoriano não ia cair pela mão desse anúncio do líder do Chega, mas que o gesto ia render o espaço mediático pretendido, mesmo que fosse necessário atropelar a autonomia açoriana pelo meio.
Na quarta-feira os jornalistas receberam no Whatsapp a mensagem do gabinete do deputado único do Chega a convocar uma conferência de imprensa com o título “Hoje, 16:30, nos Passos Perdidos. Tema: fim do apoio do Chega ao governo dos Açores.”
A direção nacional do Chega decidia retirar o apoio de incidência parlamentar ao governo regional, tudo dava a entender que seria o fim do entendimento à direita na região, mas hoje o deputado único do Chega nos Açores, veio contrariar o líder nacional, e afirmar que ainda havia negociações e a revelar a defesa da Autonomia. O que não deixa de ser estranho tendo em conta que em fevereiro, os deputados do Chega (na altura ainda eram dois) nem direito tiveram a entrar na reunião com o Presidente do Governo açoriano, conforme relato do ex-deputado do Chega, Carlos Furtado:

As ingerências e centralismos não se ficaram por aí, a quatro de fevereiro Ventura regressa aos Açores para falar com o Presidente do Governo, à porta fechada, onde o mesmo Ventura e o seu mentor Diogo Amorim (o pai dos centralismos e fascismos do Chega) nem permitiram a presença dos dois deputados eleitos na região, nesta mesma reunião.

Agora o líder do Chega recuou na postura que tinha adotado na quarta-feira passada, quando tinha garantido que a decisão era “fortemente definitiva” e que, “no que depender da Direção Nacional do Chega e do presidente”, o apoio ao Governo regional tinha morrido naquele dia.

O cenário (…) não está fechado, vamos continuar a articular, vamos continuar a trabalhar e vamos continuar juntos a exigir aquilo que foi acordado com o Chega e aquilo que é também a exigência da população nos Açores.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

André Ventura retirou oficialmente o apoio do Chega ao Governo Regional dos Açores em retaliação a Rui Rio

Ex-deputado do Chega pelos Açores revela o que o levou a deixar de acreditar em André Ventura

Ex-deputado do Chega nos Açores responde às “birrinhas do lisboetazinho malcriado” André Ventura sobre a intenção de quebrar acordo com o PSD

Partilhe

Leave a Reply