Carlos Natal, Cheganos Oficiais

Carlos Natal diz que o Chega é o único coerente em termos políticos com a Ucrânia “país governado por racistas e neonazis”

Carlos Miguel do Carmo Natal, fundador do Chega e único opositor interno que disputou liderança com André Ventura em novembro, diz que o Chega é o único partido português coerente em termos políticos ao apoiar o regime neonazi da Ucrânia, “país governado por racistas e neonazis”.
Carlos Natal escreveu na sua página:

Temos que ser justos e ver que o único partido português coerente em termos políticos é o CHEGA ao apoiar o regime neonazi da Ucrânia.
Ucrânia, um país governado por racistas e neonazis.

Confrontado por um seguidor que disse que mudava de ideias “como quem muda de cuecas”, respondeu:

não mudo de ideias, pelo contrário, lutei para mudar o caminho e rumo do partido, mas tenho que confessar que não consegui, razão pela qual saí. Não mudei de camisa, continua a defender o que defendia, algo que o CHEGA foi formado para defender e sim, mudou a camisa, não foi eu que mudei de camisa

PODE QUERER VER TAMBÉM:

Fundador do Chega e único opositor interno que disputou liderança com André Ventura desvinculou-se

Ex-candidato a Líder do Chega diz que o Congresso veio afirmar as convicções ditatoriais e fascistas de André Ventura

Candidato a Presidente diz que as pessoas até podem ter razão em chamar Nazis e Fascistas aos Chegas por causa do “Valentão” André Ventura

Partilhe

Leave a Reply