André Ventura, Cheganos Oficiais

A SIC justificou o motivo para André Ventura não ser convidado para o Isto é Gozar com Quem Trabalha e ERC fez apenas uma recomendação

A ERC – Entidade Reguladora para a Comunicação Social analisou duas queixas feitas contra o programa Isto é Gozar com Quem Trabalha, devido ao facto de Ricardo Araújo Pereira não ter convidado André Ventura para o seu programa e recomenda que a SIC compense noutro programa.
Mas a verdade é que a SIC já compensou por diversas vezes André Ventura, tendo em conta a quantidade de vezes que o líder do Chega já foi convidado para participar noutros programas, ou mesmo no programa Isto é Gozar com Quem Trabalha, onde é servido muitas vezes como uma “sobremesa”.
Na sua defesa a SIC alegou que o programa “Isto É Gozar Com Quem Trabalha” é um «subgénero de programas de entretenimento de cariz humorístico, que o critério de escolha dos convidados é do humorista, o qual tem total liberdade de conformação em relação a quem deseja (e a quem não deseja) receber no seu programa e considera que:

O humorista tem total liberdade para não querer dar espaço, num programa de humor da sua autoria, à defesa de ideias que, do seu ponto de vista, atentem contra a dignidade da pessoa humana, igualdade e direitos, liberdades e garantias» e que «o humorista, de resto, em cumprimento do disposto no artigo 27.º, n.º 2, da Lei da Televisão, tem total liberdade para não querer transformar
qualquer segmento do seu programa no palco para a difusão do “incita[mento] à violência ou ao ódio contra grupos de pessoas ou membros desses grupos em razão do sexo, raça, cor ou origem étnica ou social, características genéticas, língua, religião ou convicções, opiniões políticas ou outras, pertença a uma minoria nacional, riqueza, deficiência, idade, orientação sexual ou nacionalidade”.

Pode consultar aqui a Deliberação ERC/2022/356ERC/2022/356
Não foi só o Chega que ficou de fora, como também o PEV não teve direito a ser convidado, em contrapartida o RIR foi o único partido sem representação parlamentar a ser convidado.
Na análise feita ao argumento apresentado pela SIC no que diz respeito ao apresentador do programa ter «total liberdade para não querer dar espaço, num programa de humor da sua autoria, à defesa de ideias que, do seu ponto de vista, atentem contra a dignidade da pessoa humana, igualdade e direitos, liberdades e garantia”, a ERC diz que não parece ter cabimento apenas devido ao facto do RIR ter sido o único partido convidado que não tem representação parlamentar.
O que na nossa opinião não tem cabimento, pois o RIR foi a excepção à regra por motivo completamente oposto, uma vez que o seu candidato, Tino de Rans, é uma figura “carismática e simpática”, em contrapartida com o não convite a André Ventura, justificado pela SIC.

PODE QUERER VER TAMBÉM:

O boneco Android Ventura e o Piaçaba na Wikipédia do deputado do Chega no Isto É Gozar Com Quem Trabalha

André Ventura continua a servir de sobremesazinha do Isto é Gozar com Quem Trabalha: “Al-Drabão”

Ricardo Araújo Pereira explica o motivo pelo qual se recusa a convidar André Ventura

Partilhe

Leave a Reply